quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Tenho saudade....

Tenho saudade daquela menina de cabelos longos em rabo de cavalo meio ondulado meio liso de fio reto, de olhos cor de Whisky , brilhantes cheios de vida, de pele cor jambo, algo natural da mistura de sua hereditariedade.
Tenho saudade, daqueles sonhos que abrilhantavam seus dias, dos dias que eram mágicos e que brincar com formigas era uma distração que nada podia ser melhor que aquilo.
Tenho saudades das outras memorias, daquelas que ja não possuo porque o tempo, esses implacável tempo faz questão de levar , as memorias, muitas das melhores dela.
Tenho saudade, daquela velhinha de lenço nos cabelos, de jeito calmo e que sempre dizia que a vida que levava naquela época era o céu, comparado com sofrimentos que a levou até ali.
Tenho saudade daquela mulher que sempre nas visitas semanais me levava doces e balas, o que explica com toda certeza a minha tara por açúcar.
Tenho saudades, dos natais, das pascoas...das viagens pro interior, dos passeios de charretes, do cheiro de curral e das longas horas de viagem no ônibus que partia da rodoviária.
Saudade de um tempo que eu sei que não volta, mas que eu não tenho certeza se consegui viver de forma 100%, saudade das coisas que tive, dos poucos mais muito importantes brinquedos que ganhei, dos tios que me mimavam.... da tia que chamava aquela garotinha de ''pituquinha''.
Coisinhas tão singelas e pequenas mas que trouxeram a mim, aquela garotinha as melhores memorias de infância.
Eu tenho saudade até das calcinhas que a vó era quem costurava pra mim, havia uma especial vermelhinha de bolinhas brancas , que nos dias de hoje tal estampa recebeu nome de poá, embora eu não saiba se ja era chamado assim naquela época.
Saudade de ao voltar do colégio de a pé brincando com as amigas no caminho, encontrar aquela velhinha, sentadinha na sua cadeira, encostada no portão fazendo seu crochê enquanto suas costas se aqueciam ao sol nas tarde de outono.
Mas hoje, hoje nesse momento em que escrevo esse post tudo o que eu queria era que ela estivesse la na casinha dela so pra eu ligar pra ela e dizer: ''Oi vó é a nenê''!

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

AMO MAIS BICHO DO QUE GENTE...

Quanto mais tempo passa, mais me sinto próxima aos animais em um todo, e  há quem interessar possa, eu não sou vegana , nem vegetariana, embora esse seja um estilo de vida que eu acho muito valido, muito lindo e muito sincero, mas mesmo sendo uma pessoa que come carne, ainda assim preso por respeito ao que consumo, mas com certeza não sou a pessoa mais indicada para entrar nesse mérito da questão.
O fato de consumir carne não faz de mim uma pessoa menos disponível a amar os animais, a não ter por eles um sentimento sincero, eu sigo inúmeros cachorros e pássaros no instagram,  é tão lindo compartilhar com pessoas que sentem por esses seres o mesmo respeito , amor, cuidado e afeição que sinto, talvez com um certo exagero de minha parte, mas são de pessoas com esse amor pelos animais que me faz ter esperança e saber que há pessoas melhores no mundo, não que eu me considere melhor por isso, mas eu acho que quando se é capaz de respeitar outras formas de vida que não seja  a sua própria  a algo de mais iluminado nos nossos corações não há?
Hoje quando escrevo este post, uma super protetora da causa animal invadiu um canil clandestino (https://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/ong-de-luisa-mell-resgata-135-caes-de-maus-tratos-em-canil-de-osasco.ghtml), e as cenas, as poucas que consegui ver são de fato triste e deploráveis, são coisas que evito ver, mas devido uns e outros que sigo  e que seguem ela, acabou chegando até mim.
Quando vemos que um ser humano que se diz racional, permitir que animais vivam daquela forma é saber que há um mal muito grande nesse mundo, e que mora dentro desses seres que  se dizem humanos.
Há uma campanha sobre comprar animais, cachorros principalmente, na verdade a campanha é para que se adote animais, e não compre, há muita coisa a ser mudada nessa questão aqui em nosso pais, mas a maior mudança vem  de dentro de nós.
Se comparado com tempos atrás, anos na verdade, o mundo pet hoje tomou uma nova rota, eles são mais respeitados, não se alimentam dos restos de comida de seus donos como antigamente, tem rações especiais, tratamento especiais....mas isso assim como para nós é para um pequena minoria, que consegue ter tutores com senso de respeito e humanidade.
Seria uma causa que eu abraçaria se financeiramente  se tivesse condições, eu não tenho, mas muitos tem, ajudo no que posso em uma causa aqui e outra la, mas tudo que sei é que enquanto eu respirar por inúmeras vezes  na minha vida e por motivos incontestáveis vou preferir bicho do que gente!
Porque sem generalizar, nós somos a pior raça existente nesse mundo!
Dor é dor, não importa... todos seres são capazes de sentir dor!!!
E para pensar:







quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Atualizando as andanças...........

Só agora pensando um pouco em quanto tempo fiquei sem aparecer por aqui é que percebei que muita coisa aconteceu e eu não compartilhei com ninguém, com vocês.
Eu vou tentar colocar o papo em dia por aqui, só para as amigas que me mandam mensagens e me perguntaram, como é que estão as coisas...
Hoje eu vou falar da minha tia...
Bem hoje faz um ano do dia mais tenso de nossas vidas, foi há um ano que o médico nos disse: ‘’isso não esta bom’’, quando olhou o exame.
Me lembro como se fosse hoje, como me faltou o chão naquele momento, e pra ela talvez a sensação foi de um teto ter acabo por desabar em sua cabeça.
Mas nós duas nos mantivemos firmes ali, naquele momento e em todos os outros que se seguiram na medida do possível.
Hoje posso confessar que na frente dela eu fui uma muralha, esbocei sorrisos, palavras de apoio sem fim, acompanhei como pude e além de minhas forças físicas e psíquicas, mas sozinha em casa, com meus filhos e marido, é que as lagrimas vinham, o sofrimento aflorava, e tudo vinha a tona, os piores sentimentos, as piores incertezas com relação a isso.
Na época era impossível pensar no câncer e não pensar na morte, porque é algo que ninguém domina e diante de tantos relatos a gente nunca sabe como vai terminar, essa é a mais pura verdade, no caso dessa doença há duas saídas apenas, ou a cura ou a morte, e tem uma fase que é muito difícil, mais muito difícil mesmo não pensar que tudo vai dar errado, por mais historias positivas que a gente conheça, há também aquelas tristes historias.
Mas Deus foi muito generoso com ela, e graças a Ele hoje ela esta ótima, ainda tomara remédios por mais 4 anos, mas não precisou de nenhum tratamento mais agressivo, a cirurgia foi o suficiente para tirar dela ‘’aquela coisa’’. As vezes penso no câncer como um bicho que faz morada dentro das pessoas, então era impossível muitas vezes antes da cirurgia não olhar para minha tia  e não pensar ‘’aquela coisa ainda esta ali’’.
Mas passado toda a fase, baterias de exames, e nesse meio caminho ter dado de cara com profissionais muitos bons, no fim das contas a experiência nos valeu e muito.
Porem, embora eu ame minha tia, como minha mãe(já disse isso aqui inúmeras vezes) há coisas que eu gostaria que houvesse mudado nela, mas percebo que isso não ocorreu, uma doença dessa não vem e vai embora sem deixar nada para traz, além de todos sofrimento que ela traz quando ela vai embora ela deixa sempre algo para quem conviveu com ela e com as pessoas ao redor, é impossível passar por um câncer, seja como o doente em si, mas também como  a família do enfermo, não passar a ver com outros olhos a vida de uma forma geral.
Eu sei que ficou marcas na minha tia, e ela nunca vai falar sobre isso, porém havia outras marcas que eu gostaria que o câncer tivesse levado embora quando ele se foi....mas pensando por outro lado isso não compete a mim julgar.
Minha tia é uma pessoa muito querida e tem muitas amigas, e muitas delas nos acompanhou no trajeto dessa historia.
Para todas essas amigas ficamos devendo um café, uma comemoração, eu disse ficamos porque no fim eu me tornei o contato dessas amigas no período de cirurgia e recuperação dela. Era eu quem mandava todos os feed back pra mulherada.
E então em julho minha tia completou mais uma primavera, eu cheguei nela um mês antes e disse pra ela:
‘’tia ainda estamos devendo aquele café para as suas amigas, e como é seu aniversario que tal juntar o útil ao agradável, fazermos um chá da tarde, e convida-las, assim retribuímos as visitas, as mensagens, e ainda comemoramos seu aniversario que deve ser comemorado com toda pompa que você merece, uma tarde só para garotas’’.
Minha tia adota minhas ideias mais rápido do que penso, e adorou, assinou embaixo e deixou por minha conta, que sou a festeira da família tomar conta de tudo, e eu não economizei , já que ela deu carta branca pra eu fazer como eu achava que ia ficar melhor, a única coisa, que ela decidiu foi as cores da decoração: azul e branco e a vela tinha que ser o numero um,  porque na verdade ela se considerou nascida de novo.

Eu tratei de tudo, com amor, carinho e muita alegria e o resultado vocês podem ver aqui:

Decidida a cor da decoração, fui atras do tecido para que minha mãe costurasse as toalhas eu fiz questão de que as tolhas e os guardanapos fossem de tecidos, achei este próprio para toalhas na cor  que ela queria e com uma estampa que me agradou os olhos, mas mais ainda meu coração.
Aluguei as louças, queria uma mesa digna de um chá da tarde bem linda, e depois de pegar umas dicas aqui e acola na net, descobri com se montava uma mesa com classe.
A dificuldade, estava no arranjo eu queria de flores naturais, porém os que se pede na floricultura ficava extremamente caros na minha opinião, não conseguia achar vasinhos que ficassem bons no tamanho e no preço, até que em visita a uma loja de utensílios domésticos vi taças para milk shake de vidro, no tamanho que eu precisava e no preço que eu buscava, o segundo passo foi encomendar as flores, rosas e mosquitinhos, na ocasião a floricultura que encomendei faz umas colorações em rosa brancas ai pedi algumas azuis, ficaram um encanto!!


Em cada guardanapo, um textinho de agradecimento a presença!
Aqui um pedacinho do que tinha na mesa, fiz questão de um chá da tarde no estilo colonial como chamamos aqui: bolos, pães, pates, torradas, lanchinhos, frios, pão de queijo, requeijão, geleia, queijo fresco, para tomar: água, água saborizada, chás gelado e quente, sucos, cappucino...tudo bem delicioso...
Na mesa dos parabéns, a imagem que a a companhou e a acompanha a toda jornada, a Nossa Senhora Desatadora dos Nós, a qual todos nós de casa somos muito devotos, por todos os nós que ela ja desatou em nossas vidas e por esse que ela acabava de desatar...

O bolo foi branco com recheio de bicho de pé com outro de creme com morango, os docinhos foram camafeu, tortitas de limão, e brigadeiro de amarula, e acima  na imagem dos bem nascidos que acompanhavam uma medalinha de Nossa Senhora Desatadora dos Nós.
E para finalizar uma mesa de café, com um cafesinho expresso dessas maquinas que todo mundo pode ter em casa hoje, levei a minha, acompanhado de sequilhos de nata e pastilhas de chocolate mentolada e água com gás. Foi um sucesso.
E para finalizar um registro feito por uma amiga da minha tia,de nós duas comemorando a árdua jornada ,mas que teve gosto de vitoria!!!

E pra vocês que aqui voltaram... bjucas SoOonhadoras e vitoriosas!!!

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

SUMIDA... REAPARECIDA!

Eu sei, eu sumi, não da blogosfera, mas daqui, do meu pedaço do meu canto.
Não sei explicar o que foi, acho que foi um ''juntado'' de tudo ,  um pouco de desanimo, um pouco de preguiça, excesso e falta de assunto ao mesmo tempo, falta de tempo, pois quando me sobra um tempo tenho dado preferência a visitar as amigas que mantem as postagens em dia...
Eu pensei, confesso, algumas vezes em deletar a pagina, mas toda vez algo me impediu de fazer isso, sempre pensava, mas e se eu quiser escrever ?
As ideias vem e vão, alias eu ando em uma onda frenética de começar coisas e não finalizar, vários textos , 3 livros....estou uma negação.
Mas uma amiga querida me mandou uma mensagem tão carinhosa ontem, que eu resolvi voltar, renovei a cara do blog, dei um colorido, e até pensei que talvez ele estivesse muito clean para meu tipo de pessoa, um pouco de cor de fato deu nova vida..acho que é isso, vou tentar ser mais responsável com esse espaço, e mante-lo na linha, para mim mesmo,vamos ver como vou me sair, e me prometi que sempre que houver algo uma ideia, uma frase, um texto, um acontecimento vou vir até aqui e registrar, e vou ate mudar o titulo, em breve vou pensar em algo tenho ideias, e  vou meter bronca como diziam antigamente...
Por aqui vou deixando a quem ainda passa ...
bjucas SoOonhadoras!!

quarta-feira, 21 de junho de 2017

VOLTANDO A DIVAGAR...DE NOVO...NOVAMENTE....MAIS UMA VEZ...AGAIN!!!!

Eu sei que a juventude anda mesmo em um caso de amor eterno, com o celular e a redes sociais, eu digo juventude, mas não da pra ser via de regra, tem muita gente por ai que ja deixou a juventude pra traz faz tempo mas faz do celular e as redes sociais suas melhores companhias...enfim, acho um desperdício um caso e outro, mas quero mesmo desta vez falar dos jovens!


Comecei a frequentar a mesma academia que o marido e os filhos, o que nos deu uma logística muito melhor, e claro a possibilidade de passar um tempo com todos...and...meu marido ja havia reclamado que meus filhos entre uma serie e outro de exercícios paravam para bisbilhotar o celular, fiquei indiganada e esperei ver essa reação com meus próprios olhos, o que não aconteceu, não me perguntem porque, o fato é que as crias , meus moços lindos (sim são lindos)...
... Eles me acompanham na aula de spining, e depois pelo processo de musculação fazem comigo os exercícios, e trocamos dicas, eles me ajudam com o peso, mas nem ficam com celular, estou mesmo a amar esses momentos...
...Mas também não é pra falar dos meus pimpolhos que vos escrevo é que notei essa peripécia dos jovens ao celular na academia e chega a ser odioso, porque a criatura senta em determinado aparelho, faz sua série, e fica la plantada, sentada, passeando pelo face, em vez de acelerar o processo sabendo que ha de ter mais gente para usar o dito.

Até ontem, em um aparelho que a gente fica meio deitada , a criatura parecia estar a tomar sol, de barriga pra cima, fone nos ouvidos  e olhando o face, estava com meu filhote mais velho, mostrei a ele, e expliquei o quanto aquilo parecia uma falta de respeito, até porque eu tinha que usar o aparelho, ele concordou comigo, e foi la perguntar como quem não quer nada se a moça ia demorar.
Ao que ele chegou próximo, foi perceptível seu susto, tão entretida estava com o face, ali deitada vendo a vida passar, ao que meu filho lhe fez a pergunta, a bonita(não era bonita nada, mas não tem porque xingar aqui ne),disse que so faltava mais uma serie, que fez em tempo recorde...
Enfim, 16 exercícios de musculação é que eu faço por dia, e quer saber não demoro mais que 40 minutos para finalizar, mas tem gente que tem 5 e passa o dia enfiada na academia, e a culpa é de quem??
Do exercício é que não é ne!


bjucas soOonhadoras e musculosas pra vocês!!!

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Eu até que tento, mas não consigo entender....

Eu até que tento entender esse lance que existe sobre direitos humanos,e esse tal de  estatuto da criança e adolescente, eu juro que tento e acho que até teria alguma valia, se fosse de fato levado em conta quando realmente ha uma necessidade maior disso ser discutido e embutido na nossa sociedade.
Mas eu não consigo entender e ver lógica, não consigo, porque ha tantas crianças sofrendo de fato inúmeros tipos de maus tratos e violência, psicológica, física e emocional, ha muitas crianças nesse país todo sendo de fato obrigadas a sair da escola mais cedo, pra poder ajudar os pais,e não é porque os pais não prestam não, muitos deles são trabalhadores honestos, tentam levar a vida da melhor forma possível, mas que apenas uma renda não da conta do sustento dessa família, e são famílias que tem valores, que passam o correto, que buscam o melhor para seus filhos mesmo sendo muito humildes e vivendo em situações bem precárias.
Mas para esses, para esses essas leis parecem não ter peso ou validade, para esses parece mesmo que essas leis nem existe.
E ai eu fico mais perdida ainda quando leio uma reportagem, onde um rapaz, que me parece tentou roubar uma bicicleta ou algo assim, foi pego em flagrante e a pessoa que o pegou o tatuou na testa ''sou ladrão e vacilão''...bem ai veio a chuva dos direitos humanos, do tal estatuto, e resumindo a opera, o cidadão que fez isso com o garoto parece-me que foi preso, e o garoto que havia desaparecido de sua casa no dia 31 de maio desse ano, foi reencontrado por sua família, que alegou que o mesmo tem problemas com drogas.
O garoto que foi tatuado, ganhou a cirurgia de remoção da tatuagem e o advogado de defesa do mesmo, disse que o menino, é usuário de drogas e álcool...
Fico mesmo indignada, como o álcool, a droga e a loucura muitas vezes é a porta de saída para muitos que não deviam estar na porta de entrada onde estão, se é que me entendem.
Ok, que nada justifica a justiça a próprias mãos, aqui no caso a tatuagem, mas alegar que o garoto sofreu violência, que foi exposto ao ridículo, ja acho demais, ta bom que tenha pessoas que se sensibilizaram e conseguiram até juntar em uma campanha o valor de R$ 20.000,00  para custear a retirada da tatuagem.
Mas ai eu penso em quantas vezes muitos pais e mães de família, sofrem violência por garotos assim como esse, drogados e  muitas vezes estão tão sóbrios quanto qualquer um de nós, levam o que temos, o que suamos para comprar e pagar, muitas vezes levam de nós aquilo que nenhum dinheiro no mundo paga, nem existe nessa galaxia uma campanha que possa nos trazer de volta o ente querido que nos foi tirado, por causa de míseros R$ 5,00, que pra nós serve para pagar uma passagem de ônibus pra voltar pra casa, ou o litro de leite pro filho faminto que nos aguarda, e pra esses garotos muitas vezes é a apenas mais uma pedra de craque...
Ha pessoas muito incomodadas com o tipo de violência que muitos sofrem, mas acho que a sociedade em geral hoje esta muito mais necessitada de proteção, de enfase em muitos aspectos de valores do que os que estão sendo dados, a certas pessoas em dado momento da vida, a mídia aproveita e faz show em cima do que não merecia um minuto sequer de atenção.
Não defendo aqui nem lado A ou B, defendo o lado da logica... ja dizia minha vó: ''depois que inventaram o diabo, desculpa deixou de ter valor'', eu digo, depois que apareceu as drogas, os vícios, ninguém mais é capaz de responder pelos seus atos, agora tudo é culpa do craque e do álcool sempre! Ou então da loucura, porque ser louco hoje é a porta de escape para o mundo que se diz ser são!

Bjucas


quinta-feira, 8 de junho de 2017

SERÁ QUE SOU SÓ EU, OU HA MAIS ALGUÉM?

Sumi, eu sei, e olha que não tenho desculpa e nem posso dizer que é falta de assunto porque esses fervilham na minha cabeça e eu fico assim com tanta coisa pra falar mas tipo nada a dizer, entendem??
Se não entendem, tentem, acho que deve ser mal de cabeça ruim, coisa de gente velha como diz meu filho mais velho...
Mas então, duvidas, assuntos vamos, la...
texto assim bem sem cabeça, meio louco, meio crazy, meio lelé da cuca...e que assim esses são os melhores ou não?!

Pois então sera só eu que eu vou em banheiro de outros lugares, tipo da academia, supermercados, até mesmo da casa de amigos e parentes e ficam a olhar pelas paredes, enquanto faz o que tem que se fazer e fica pensando, em como seria fácil limpar as tais das paredes, e que você mesmo com o produto certo e as ''ferramentas'' adequadas deixariam o ambiente tão limpo, tão clean que seria uma delicia entrar naquele espaço, sou só eu ou ha mais alguém?? ...
Sou só eu, ou ha mais alguém, que assiste umas novelinhas antigas, daquelas que passaram quando ainda eram bem jovenzinhas tipo 16/17 anos, e achou na época tal novelinha tão boa, tão lindinha, e num reprise agora, assiste e se pergunta o que é que tinha de tão bonitinho na época nessa dramão sem pé nem cabeça?? Sou só eu ou ha mais alguém??

Sou só eu ou ha mais alguém pensando seriamente em largar o celular de vez, pois não anda com a minima vontade de abrir os 500 posts que recebe diariamente de bom dia, , boa tarde e boa noite, fora a chuva de videos que ultrapassam os 30 segundos, e por não ter vontade e nem pique de ver tudo, pensa seriamente que a melhor coisa a fazer seria não ter esse aplicativo whatsap, e ainda por cima se sente meio culpada quando encontra com fulano e esse lhe pergunta, viu tal vídeo que te mandei, e ai faz aquela cara de ''ué'' mas responde com o sorriso mais sínico no rosto: '' viii!!! lindo né!'' e as vezes você percebe que o video não tem como ser lindo porque fala da atual crise que o Brasil se encontra, e ai como faz?? Sou só eu ou ha mais alguém???
Sou só eu, ou ha mais alguém que anda meio assim tolerância zero, e sempre com uma resposta bem bruta na ponta da língua a ponto de qualquer ai a mais, pronto ja solta todo o vocabulário mais estupido disponível!!


Então sou só eu ou ha mais alguém????

Bjucas SoOonhadoras!!!

Obrigada por me acompanharem!